O QUE VOCÊ FAZ EM UMA SITUAÇÃO DE URGÊNCIA?

18 03 2011

O que você faz quando recebe a notícia de uma enfermidade?

O que você faz quando perde alguém querido?

O que você faz quando perde o emprego?

O que você faz quando se vê em uma situação impossível de se resolver?

O que você faz quando não tem dinheiro para pagar as contas?

O que você faz quando não tem alimento para o dia seguinte?

O que você faz quando tiram o que é seu?

O que você faz quando é traído (a)?

O que você faz quando alguém te decepciona, ou mente para você, prometendo algo que não pode cumprir?

O que você faz quando é deixado (a) de lado, humilhado (a) e desprezado (a)?

O que você faz quando é afrontado (a), magoado (a), caluniado (a)?

Você já se fez perguntas do tipo: “O que devo fazer quando soar o alarme de urgência?” Já pensou em como deveria reagir nestas situações? Ou nunca pensou nisso? Ou simplesmente você passa pelas situações e decide na hora o que fazer, baseado nas circunstâncias, no seu humor ou estado de espírito?

Todos os dias, nós somos submetidos a situações urgentes e inesperadas. Mas é incrível, a incapacidade que temos de lidar com elas da forma correta. Nossa reação à crise poderia ser muito melhor, se nos preparássemos para ela.

Eu admiro muito o trabalho dos bombeiros, dos médicos e dos enfermeiros. Eles são profissionais que se formam, para enfrentar a crise! Alguém já entrou na sala de urgência de um hospital, após um grande acidente ou catástrofe? Alguém já acompanhou o trabalho de busca e salvamento dos bombeiros, em dias de calamidade?  Eles sabem lidar com o stress, tomar decisões acertadas, mesmo em meio à pressão e na maioria das vezes, precisam agir certo, correndo contra o tempo, pois um minuto pode salvar ou matar uma vida. Mas se for possível e tiver outras opções, eles não devem socorrer parentes muito próximos, pois o envolvimento emocional com o paciente, pode prejudicar seus trabalhos. Como uma mãe conseguiria operar às pressas, a cabeça de seu próprio filho, vítima de um grave acidente automobilístico, sem envolver-se emocionalmente? Poderia, mas seria difícil concentrar-se. Uma coisa é resolver a crise de outros, outra coisa é resolvermos nossas próprias crises.

Essa última semana, meditei e estudei os livros bíblicos que se referem à reconstrução de Jerusalém, após a libertação do cativeiro. Os livros de Esdras, Neemias, Ester, Ageu, Zacarias e Malaquias, tem o desenrolar de seus acontecimentos, neste tempo. Deus levantou pessoas marcantes e profetas tremendos, neste período. Eu poderia destacar Mordecai e sua fidelidade ao Senhor, Ester e sua ousadia, Esdras e sua determinação no Ensino da Lei, mas quero falar um pouco sobre Neemias, um homem de propósitos, que enfrentava as adversidades da maneira certa. Ele agia da forma certa, não somente nas urgências de outros, mas também nas suas próprias urgências.

Você sabia que Neemias tinha que provar todas as bebidas do rei, antes dele, por que se estivessem envenenadas, não matariam o rei? Sua profissão era uma profissão de alto risco.  O que será que Neemias fazia para enfrentar o stress do dia-a-dia advindos de sua profissão de copeiro do rei? E qual era o segredo de Neemias para enfrentar todos os dias, a expectativa de uma possível morte por envenenamento? Pois o rei tinha muitos inimigos.

Neemias vivia em alerta vermelho! Eu não sei como ele enfrentava isso, mas tenho um palpite: da mesma maneira como ele enfrentou as situações de urgência em Jerusalém, quando foi enviado para reconstruir os muros de sua cidade destruída. Vejamos:

  1. O que Neemias fez quando um de seus irmãos veio à cidadela de Susã, dar-lhe uma notícia ruim sobre Jerusalém? Seu irmão lhe disse: “Os que não foram levados para o exílio e se acham lá na província, estão em grande miséria e desprezo; os muros de Jerusalém estão derrubados, e as suas portas, queimadas a fogo”. O que Neemias fez quando viu seu povo em tamanha miséria e destruição? Jerusalém era o lugar do sepulcro dos seus pais. O texto de Ne 1.4-7 mostra que ele orou ao Senhor: assentou-se, chorou, lamentou, jejuou e orou, fazendo confissão pelos seus pecados e do povo.
  2. Estando seu rosto triste diante do rei, o rei lhe perguntou o porquê da tristeza. Ao respondê-lo, o rei decide ajudá-lo com alguma coisa. E diz: “Que me pedes agora?” Hum … ele poderia aproveitar para pedir muitas coisas ao rei. Mas o que Neemias faz? Responde com afobação e impulsivamente? Não. Ele ora a Deus para saber o que responder e o que pedir (Ne 2.4-8).
  3. Chegando a Jerusalém, mal Neemias começou, com a ajuda do povo, a reedificar os muros de Jerusalém, a oposição também deu início! Quando seus inimigos ouviram que ele reedificava o muro, ficaram extremamente indignados e passaram a zombar deles, e a escarnecer muito dos judeus, dizendo que eles eram fracos e que nunca conseguiriam. O que Neemias fez? Parou a obra, foi lá tentar se justificar, mostrando que ele não era fraco, coisa nenhuma? Não. Neemias orou ao Senhor (Ne 4.4-6).
  4. Quando os inimigos viram que aos muros já se tinha começado fechar as brechas, eles ficaram irados e ajuntaram-se de comum acordo para suscitar confusão ali. Porém, o Cap. 4 verso 9, diz que Neemias orou ao Senhor e pôs guardas também de noite, para guardar a obra.
  5. Depois os inimigos disseram: Já que não conseguimos desanimá-los, vamos nos infiltrar no meio deles e assim os mataremos e eles não terão como continuar a obra.  Neemias ficou sabendo disso, por intermédio de alguns judeus que ouviram os planos dos inimigos e foram, prontamente, contá-los. Como Neemias reagiu a isso? Você já sabe né? (rsrs). Neemias encorajou seu povo, dizendo-lhes para fazer algo, que ele pessoalmente, já vinha fazendo o tempo todo: “Lembrai-vos do Senhor” (Ne 4.11-22).
  6. O que Neemias fez quando o povo havia se metido em dívidas tão grandes, ao ponto de até mesmo vender seus irmãos? Orou ao Senhor, junto com sua congregação (Ne 5.13).
  7. Por 12 anos, Neemias exerceu o cargo de governador em Jerusalém. Neemias foi extremamente justo e ajudou o povo com seu próprio dinheiro e deu dinheiro ao povo, para pagar as dívidas. Ele não achava justo, desfrutar dos privilégios de seu salário de governador, enquanto o seu povo estava em grande miséria. Ah, como precisamos de homens como Neemias nos dias atuais! Neemias foi um governador muito bem-sucedido. A maioria das pessoas só mantém uma vida de oração diária, quando está no aperto. Mas o que Neemias fazia, nos seus momentos de glamour? Orava a Deus também (Ne 5.14-19).
  8. A perseguição sobre Neemias era ferrenha! Ele sofreu calúnias, foi vítima de falsas profecias e profetas alugados, que profetizavam mentiras contra ele, com o objetivo de fazê-lo parar a obra. E como será que Neemias discernia todas aquelas palavras que recebia e constatava que não eram de Deus? Neemias orava (Ne 6.14); além disso, era conhecedor da Palavra de Deus. Sua perseverança foi tamanha e sua vida de oração tão abundante, que a obra foi completada … em apenas … 52 dias.

Analisando tudo isso, como você acha que Neemias enfrentava a expectativa da morte todos os dias, no Palácio do rei, ao ser seu provador de vinho particular? Ele enfrentava da mesma forma que enfrentou tantas outras situações de emergência em sua vida e país: Ele orava … orava e … orava! O segredo de sua vida era a oração! O segredo do seu sucesso e de sua prosperidade era a oração.  Sua vida pessoal e seu ministério tinham como alicerce a oração. Nas urgências, ele orava, na bonança, ele orava. Neemias era um homem de oração. E nós? Não precisamos esperar tocar o alarme vermelho em nossas vidas para começarmos a maravilhosa jornada de oração. Deus nos espera hoje mesmo! Ele espera por nós, todos os dias. Ele está sempre pronto e ama nos ouvir! (Jr 33.3).Baruch Hashem! Daniele Marques.

Se você puder, tenha um momento com Deus agora!

Tradução:

Eu Me Entrego

Não há amor mais doce do que o Seu amor por mim.
Não há nenhuma canção mais doce do que a canção que Você canta para mim
Não há lugar, que eu preferiria estar
Que aqui em Teus pés, entregando tudo
Tudo para Você, eu me entrego
Tudo, cada parte de mim
Tudo para Você, eu me entrego
Todos os meus sonhos, tudo de mim
Eu me entrego
Se adoração é como perfume, eu derramo o meu em Você
Ninguém merece mais o meu amor do que Você.
Então tome minha mão e me puxe para você.
Quero ser arrebatada, perdida no Teu amor.
Não tem volta, eu me decidi
Eu estou dando tudo da minha vida dessa vez
Seu amor faz valer a pena
Seu amor faz tudo valer a pena
Seu amor faz tudo valer a pena
Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s